UFJ

Teste de Progresso

Por André Ricardo do Carmo Santarém Atualizado em 07/08/19 14:33.

1) O que é o Teste de Progresso?

O Teste do Progresso (TP) é uma avaliação cognitiva sem caráter de seleção ou classificação, constituído de uma prova institucional que avalia individualmente se o ganho de conhecimento por parte do estudante está sendo contínuo e progressivo, e como o conhecimento está sendo elaborado e consolidado nas áreas básicas e clínicas, importantes para o aproveitamento do internato e o desenvolvimento final do profissional.

Esse teste situa o estudante em seu processo evolutivo de ensino-aprendizado e permite à instituição realizar o diagnóstico de suas deficiências ao longo da estrutura curricular. Ele pode ser utilizado pelos colegiados competentes para avaliação de alterações curriculares e avaliações específicas de disciplinas ou módulos de ensino.

O conteúdo do teste não está ligado a nenhum modelo de curso específico e, portanto, ele avalia os objetivos finais do currículo como um todo. O conteúdo de todos os tópicos do curso vai sendo continuadamente revisado, pois não se entende essa metodologia sem uma devolutiva consistente (feedback), na qual seja possível corrigir as falhas apresentadas durante o processo formativo. Os estudantes são incentivados a adotar um estilo de aprendizado longitudinal autodirigido e entendem que até o final de sua formação os conhecimentos elaborados deverão estar consolidados para o bom exercício da profissão.

Entidades como o Conselho Federal de Medicina (CFM) já apoiaram e recomendaram que as escolas realizem o Teste do Progresso como uma das avaliações do curso e do estudante reforçando assim que o TP é importante para o aprimoramento do processo ensino-aprendizagem e do curso.

Fonte: ABEM (https://abem-educmed.org.br/acoes/avaliacao-do-estudante-contribuicao-do-teste-de-progresso/)

2) Quem pode e deve realizá-lo?

O TP é anualmente aplicado a os estudantes regularmente matriculados no curso de graduação em Medicina (do segundo período , ou seja, primeiro ano até os internos do 11º/12º semestre, ou seja, sexto ano), com exceção dos calouros do 1º semestre (ingressantes em 2019-2), tendo em vista o ingresso recente no curso. Todos os estudantes foram pré-inscritos para realizar o TP, entretanto todos devem confirmar a inscrição, após receber uma mensagem eletrônica, o que deve ocorrer à partir do dia 12 de agosto do corrente ano. A prova deve ser aplicada a todos os estudantes do primeiro ao sexto ano ao mesmo tempo, na mesma hora e com as mesmas regras.

3) Quando e com que frequência será aplicado o Teste de Progresso?

Esta será a primeira edição do TP do Curso de Medicina da Universidade Federal de Goiás-Regional Jataí e ocorrerá no dia 25 de setembro de2019 às 14:00 horas, será realizado no prédio do curso de medicina em salas a serem amplamente divulgadas, assim como em todas as Escolas Médicas participantes do Consórcio. Este Teste de Progresso está sendo organizado por um Consórcio de Escolas Médicas Públicas e Privadas do Centro-Oeste, com apoio da Associação Brasileira de Ensino Médico - ABEM.

4) Qual a estrutura do Teste de Progresso?

A prova deve constar de cerca de 100 questões de múltipla escolha, elaboradas com base na prática clínica, visando a problemas que exijam aplicação de princípios ou soluções que requeiram um processo mental complexo (raciocínio e reflexão). As perguntas abrangem todas as áreas de amplo domínio do conhecimento: ciências básicas, ciências clínicas (Saúde Coletiva, Clínica Médica, Pediatria, Tocoginecologia e Cirurgia) e ciências do comportamento/comunicação (Ética Médica e Humanidades).

5) Qual é o objetivo básico do Teste de Progresso?

O TP tem por objetivo básico avaliar o desempenho cognitivo dos estudantes durante o decorrer do curso assim como aspectos do próprio curso de graduação.

6) Para que servem os resultados do Teste de Progresso?

A análise dos resultados do TP permite que se faça uma avaliação, em conjunto com outras ferramentas avaliativas, da relação entre conteúdo programático e a estrutura curricular do curso de graduação em Medicina e também do grau de desenvolvimento dos estudantes ao longo do curso.  

7) Por que devo participar do Teste de Progresso?

Existem várias razões para sua participação ativa, entre elas podemos destacar:  

- A realização sequencial do TP permite que o estudante verifique a evolução de seu desempenho cognitivo nas diferentes áreas e fases do curso, é uma avaliação chamada formativa que possibilita a identificação de potenciais dificuldades e incentiva a busca de correção.  

- A avaliação dos resultados permite que a Coordenação de Graduação e os membros do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso avaliem, em associação com outras ferramentas, as áreas em que os estudantes estão apresentando maiores dificuldades, na busca de correção e aprimoramento dos processos de ensino-aprendizagem de forma global e por áreas específicas.  

- A análise dos resultados do TP permite que sejam tomadas decisões e que se implementem ações na busca de melhorias contínuas tanto em nível do estudante, individualmente, como em nível do curso de graduação, de uma forma mais global.

- Uma outra vantagem da realização do TP é permitir treinamento na realização de avaliações, com vistas à realização futura de processos seletivos e avaliativos (como a avaliação seriada bianual proposta pelas novas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Medicina - 2014) dos quais os estudantes participarão, como por exemplo, os processos seletivos para programas de Residência Médica.

- Adicionalmente, o processamento e a análise dos resultados obtidos permitirá que a Coordenação de Graduação e os membros do NDE do curso de Medicina construam curvas de desempenho cognitivo que auxiliarão na identificação das fragilidades e potencialidades dos estudantes nas diversas áreas de conhecimento e nas diferentes fases do curso. Estas informações em adição a outras advindas de variadas ferramentas avaliativas possibilitarão, em seu conjunto, o desencadeamento de ações com objetivo de aperfeiçoar a matriz curricular, o currículo, as estratégias de ensino-aprendizagem e os métodos pedagógicos adotados.

- Além disso, importantes Hospitais de Ensino do país têm considerado a participação em Testes de Progresso como parte de atividades que recebem pontuação na análise do curriculum vitae dos candidatos à admissão em programas de Residência Médica. Esta é uma tendência que deverá expandir-se para outros hospitais escola e sua inclusão em etapas da avaliação da próxima seleção aos Programas de Residência Médica do Hospital Universitário de Brasília e da Secretaria de Saúde do Distrito Federal já foi solicitada e está em fase de discussão.

8) Como será feita a divulgação dos resultados do Teste de Progresso?

Os resultados individuais do Teste de Progresso não serão divulgados de forma pública, cada estudante individualmente poderá, mediante acesso via senha pessoal, ver o resultado do seu TP e acompanhar a evolução de seus resultados positivos (progresso) ao longo dos próximos anos.

9) Em caso de dúvidas sobre o Teste de Progresso, a quem devo recorrer?

As dúvidas relativas ao TP devem ser direcionadas à Coordenação de Graduação do curso via e mail: medufgjatai@gmail.com

Informe-se à respeito! Converse com seus colegas e professores! Divulgue-o! Ele é bom para você! É bom para o nosso curso! É bom para todos! Faça-o com responsabilidade e colabore para seu aprimoramento pessoal e para a excelência do nosso curso de graduação em Medicina!

Fonte das perguntas e respostas, adaptado de: http://www.fm.unb.br/br/pesquisa-graduacao